Afrika Bambaataa no Opinião

Afrika Bambaataa

Nesta terça-feira o DJ/MC e produtor Afrika Bambaataa, que veio ao Brasil para celebrar os 35 anos do Hip Hop, esteve pela primeira vez em Porto Alegre. Este senhor é considerado o pai do hip hop,  criador do termo “Hip Hop” (que em tradução livre é mexer as cadeiras) e por anos tido como “master of records” (mestre dos discos), por sua vasta coleção de discos de vinil. É também um dos grandes expoentes do movimento Hip Hop, Freestyle e Electro-Funk, além de ter influenciado o funk carioca e a música eletrônica.

Sucessos de Afrika Bambaata como “Planet Rock”, “Looking For The Perfect Beat”, “Renegades” e “Peace Unity Love and Having Fun” contribuíram com os samples dos sons de  JayZ, Snoop Dogg, Akon, Black Eyed Peas, Mr.Catra, BNegão, Black Alien, Rappin Hood, entre outros artistas nacionais e internacionais.

Junto com Grandmaster Flash  e Kool Herc, Bambaataa foi um dos primeiros a usar dois toca-discos para encaixar uma musica na outra e não deixar a festa parar. E a festa não parou em Porto Alegre.

O aquece começou com DJ Edinho  tocando rap e DJ Chernobyl com eletrofunk e eletrorock. Logo depois entrou Bambaataa com 2 mc’ s que o acompanharam, foi neste momento que festa pegou fogo.

Bboys e Bgirls  (dancarinos de breakdance) abriram uma roda  em frente do palco , muitas garotas dançando – mesmo sendo o tempo todo chamado o lema do funk carioca “mão no chão” não se viu o que é de lei nos bailes funk: calcinhas. Os gaúchos ainda se mostram frios ao funk(?) no Opinião.

O publico do Hip Hop que esperava ver os sucessos antigos do tempo do Planet Rock, não viu. Participou de uma festa funk , onde estava a nata da cultura de rua de Porto Alegre, segundo o artista Luis Flavio Trampo, que organizou junto com os realizadores do show o encontro de Bambaataa com admiradores no bloco afro Odomodê na tarde de segunda-feira, antes do show.

Por: Fabiana Trindade

Fotos: Ramiro Furquim


Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *