O novo espetáculo de Ney Matogrosso

Ney Matogrosso

Depois de ter feito três memoráveis apresentações na capital gaúcha ano passado com o espetáculo Inclassificáveis, Ney Matogrosso retorna para, dessa vez, apresentar seu mais novo espetáculo: Beijo Bandido, cujo título foi retirado de um trecho da música “Invento” do gaúcho Vitor Ramil e, de certa forma, indica um pouco da atmosfera que permeia o disco e o recente show. O amor, o desejo e, por ventura, as suas desilusões marcam o novo universo lírico de Ney.

Bem diferente da turnê passada onde o estilo que consagrou o cantor estava presente com força total nas suas vestes e na postura de Ney no palco, esta nova ideia de formato, musical e visual, que foi apresentada é diametralmente oposta a da turnê anterior. O que se presencia agora em cima do palco é um Ney acompanhado de uma banda acústica e muito próxima a da música de câmara, com violino, cello e piano. Uma percussão também foi cuidadosamente inserida para dar mais vida e deixar o repertório mais próximo do popular, como foi o conceito que aos poucos se imprimiu ao disco, e vem sendo assim desde os últimos anos: construir uma ponte entre seu público mais velho, da época dos “Secos e Molhados” e a juventude que entra em contato com a sua obra mais recente. O repertório do show deixa claro essa concepção, sempre mesclando clássicos do cancioneiro popular com músicas de artistas novos, consagrados ou não.

Vestindo um terno de cor clara e com o palco ornamentado de maneira muito simples para que nada distraísse o foco do principal, sua música, Ney Matogrosso aparece diante a platéia do teatro Bourbon Country ao som de “Tango para Tereza”, exibindo sua potência vocal incrível, em uma música que exige dele um desempenho muito parecida ao que costumava apresentar no início da sua carreira, há mais de 40 anos. Após outros dois clássicos, “Da cor do pecado” e “Fascinação” foi a vez de apresentar a canção que originou o espetáculo: “Invento”, do já citado Vitor Ramil, e abriu caminho para o time de compositores “novos” que Ney costuma gravar em seus discos. Uma versão muito bacana para esta grande composição.

A seleção do repertório foi um show à parte, digna de quem tem décadas de experiência e não só isso, possui também um bom gosto extremo. Foram vários os destaques da apresentação, mas poderia citar a energética versão para “A bela e a fera” de Chico Buarque e Edu Lobo, a novata e totalmente “Matogrossiana” “Da cor do desejo” de Junior Almeida e Ricardo Guima e, por fim, a maravilhosa “Bicho de sete cabeças” de Zé Ramalho, Geraldo Azevedo e Renato Rocha. Sou da opinião que esta é uma das mais belas composições da musica popular brasileira, é quase uma covardia Ney colocá-la no repertório do show, pois a chance de não funcionar, ainda mais na sua voz, é praticamente nula.

Acompanhado de uma banda talentosíssima, que criou arranjos precisos para o que cada composição exigia no seu espaço e importância no show, Ney se apresentou acompanhado de músicos a sua altura. No auge dos seus 67 anos, ainda possui uma voz impecável que nos dá a certeza de que muitos outros espetáculos, com conceitos e repertórios renovados, ainda farão parte da carreira deste que pode ser considerado uma das maiores vozes e talento da nossa música, em plena atividade e cheio de projetos futuros. Pelo carinho que o público demonstrou nesta noite de terça-feira, ainda o veremos trazer seus shows para cá por muitos anos ainda.

Por: Ângelo Borba

Fotos: Jucinara Schena

Publicações Relacionadas

2 Comentários

  1. Pingback: Tweets that mention O novo espetáculo de Ney Matogrosso | POA SHOW -- Topsy.com

  2. André Luis Portal

    Bem, tive o privilégio de poder conferir o show de Ney matogrosso no Bourbon Country e acho que foi uma unanimidade entre os que lá estiveram a opinião de que foram 90 minutos(aproximadamente)de interpretações impecáveis! Clássicos, alguns mais, outros menos conhecidos mas, na voz de Ney Matogrosso, todos um sucesso!
    Parabéns ao autor da coluna e a autora das fotos, que ficaram belíssimas!

    [Responder]

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *