“Encontro de Gigantes” chega a Porto Alegre

 

Noite de quarta-feira em Porto Alegre e o Pepsi On Stage é palco de uma reunião histórica para os fãs de Música Sertaneja: o show “Encontro de Gigantes” chega a Porto Alegre trazendo dois dos maiores nomes do estilo: Zezé di Camargo & Luciano e Bruno & Marrone. O show, que durou cerca de três horas, emocionou pessoas de todas as idades.

Antes da apresentação, um desconforto: problemas técnicos atrasaram a apresentação em uma hora. Após um pedido de desculpas da produção, as duas duplas sobem ao palco, causando surpresa e levando os fãs ao delírio. Normalmente as apresentações das turnês conjuntas são encerradas com um encontro no palco. No entanto, na tour “Encontro de Gigantes” a apresentação é aberta dessa forma.

No palco, os quatro (Zezé, Luciano, Bruno e Marrone) optam por clássicos da música sertaneja:  “Telefone Mudo”, “Amargurado”, “Ainda Ontem Chorei” e “Boate Azul” fizeram o público do Pepsi On Stage cantar junto com as duplas. Um destaque também para o aspecto visual: um belo telão de LED projetava animações e a iluminação era, também, um show à parte.

Após o grande encontro, Zezé e Luciano deixam o palco. A apresentação de Bruno & Marrone começa com “Por Um Minuto”. Esbanjando simpatia, a dupla conquista o público com um repertório recheado de sucessos.  Destaque para a versão de “Cavalgada”, de Roberto Carlos e para o maior sucesso da dupla: “Dormi na Praça”, que catapultou Bruno& Marrone para o sucesso nacional. A dupla ainda abriu espaço para uma nova dupla. Laluna & Vinícius, que cantou a divertida “Parafuso”.

Após uma troca de palco extremamente rápida (apenas três minutos) A atração de fundo (e mais aguardada) entra em cena: Zezé di Camargo &  Luciano levam o público gaúcho ao delírio. Tanto o público das cadeiras quanto da pista ao fundo acabaram por fazer muito mais barulho com a entrada dos irmãos. “Vem Ficar Comigo” foi a escolhida para abertura dos trabalhos. Em função do atraso, aqui algumas pessoas começavam a deixar o local.

“O nosso show tem hora pra começar, mas pra acabar… só Deus sabe!”, bradou Zezé, avisando que a noite seria longa. E foi, de fato. Juntando as três etapas do show foram mais de 50 canções, em mais de três horas de show.

Bem humorados, como o de costume, Zezé e Luciano interagem com seu público o tempo inteiro. Luciano dá autógrafos, recebe presentes, Zezé, cumprimenta, troca sinais. As tradicionais brincadeiras também estiveram lá: especialmente quanto às torcidas de Grêmio e Inter: “A gente sempre tenta isso aqui e nunca dá certo. Vamos desistir!”. Outro momento de grande identificação com o Rio Grande do Sul foi “Querência Amada”, de Teixeirinha.

O repertório igualmente popular e conhecido contou com “Coração Está em Pedaços”, “Mexe Mexe Que É Bom” e “Tarde Demais”. Se a versão de “Cavalgada” foi destaque na apresentação de Bruno & Marrone, Zezé e Luciano formam mais ousados, pisando no terreno da música Pop com uma versão de “Do Seu Lado”, cantada por Luciano. Um dos momentos mais surpreendentes da noite, ao lado das já previstas “No Dia Em Que Saí de Casa” e “É o Amor”, maiores sucessos da carreira de Zezé di Camargo e Luciano.

Após mais de três horas de apresentação, quem resistiu ao adiantado da hora voltou pra casa com a sensação de ter presenciado um encontro histórico na música sertaneja. Um verdadeiro encontro de gigantes.

Por: Marcel Bittencourt

Fotos: Fabiana Menine

Publicações Relacionadas

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *