Reação em Cadeia – Lançamento do Album “Enfim Dezembro”

Porto Alegre, Teatro do Bourbon Country, 28 de Outubro de 2011. A banda Reação em Cadeia faz o show de lançamento do seu cd “Enfim Dezembro”. Um grande público, das mais variadas faixas etárias estava presente. Adolescentes, que provavelmente sequer escutavam Reação em Cadeia há 10 anos,quando foi lançado o primeiro cd da banda, o Neural. Adultos, que provavelmente cresceram escutando a banda. Casais, que provavelmente se formaram ao som de alguma balada da “Reação”. O lugar comum? Todos participando e cantando todas as músicas em um forte e bonito coro. Um cenário simples, porém, muito bonito, uma bonita iluminação, som (de voz e instrumentos) claro e de volume adequado.

Os integrantes entram no palco e o primeiro som da noite é “Dezembro” seguido de “Além de mim, ambos do cd que está sendo lançado. Na sequência, duas músicas do cd “Resto”: “Quase amor” e “Tanto faz”.

Pausa para Jonathan saudar e agradecer a presença de todos. Em seguida, introduz “Estou melhor”, também do cd “Resto”, dizendo que talvez ela seja a música mais mentirosa da banda… Ou não… Algumas coisas começam a chamar a atenção e a primeira, sem dúvida alguma, é o timbre de guitarra de Dani Jeffmann. Em seguida, o vocal rasgado de Jonathan Correa. Definitivamente, Rock and Roll was in the house.

Uma primeira pausa para uma mudança no clima do show. Dessa vez, mais acústico. Jonathan Correa, voz e violão… E a voz, por boa parte da música “Um dia”, apenas do público. Toda a banda volta ao palco e o show segue com “Tão longe” e mais um do cd “Enfim dezembro”: “Confiança”.  

Jonathan Correa agradece com um “Thank you” e comenta que Dani Jeffmann “está tímido hoje”. O público ovaciona e se inicia uma parte bastante pop do show. Observo, do fundo do teatro, muitos casais apaixonados dançando e ouço um pequeno grito de êxtase de alguma uma pessoa atrás de mim. Segue-se com o cd “Enfim Dezembro”: “Duas vezes” e “Sem Você”. Voltamos ao “Neural” com “Espero”.

O palco escurece por alguns segundo e apenas uma trilha de violão e teclado. O show é retomado com “Infierno” do cd “Neural”. Me chama atenção novamente a participação do público, bem como os “gritos” rasgados de Jonathan Correa. Jonathan para novamente o show para dizer como é legal tocar perto de casa com amigos e família e também justifica sua emoção no início do show dizendo que enxergou seu pai, que não via há três meses, assistindo ao show.

O show segue com “Eu não pertenço a você” do cd “Neural” e Jonathan desce para a barricada para cantar perto do público. Mais agradecimentos a todos que fizerem o show possível. Jonathan brinca que precisa de um amor para dobrar as mangas de suas camisas e que está na hora de casar. Obviamente, os gritos histéricos das meninas presentes no teatro deve ter atingido 7 pontos na escala Richter.

O show segue para seu fim com “Outra vez o amor” de “Enfim Dezembro” e “Serenade” do “Nada Ópera”. A banda se despede e sai do palco, porém, em seguida, um vídeo de Jonathan Correa é colocado nos telões do fundo do palco. Ele agradece, fala sobre o cd “Enfim Dezembro” e avisa que em 2012, nas comemorações de 10 anos do primeiro cd da banda, um acústico será gravado.

A banda volta para o palco para tocar “Entre teus dedos” do “Enfim Dezembro”. Em uma brincadeira, Jonathan Correa canta um pedaço de “Adocica” de Beto Barbosa e o show se encerra em definitivo com o clássico da banda, do cd “Neural”, “Me odeie”. Pela última vez o público grita e o teatro vai quase abaixo.

Set list:

Dezembro
Além de mim
Quase amor
Tanto faz
Estou melhor
Um dia
Tão longe
Confiança
Duas vezes
Sem voce
Espero
Infierno
Eu não pertenço a você
Outra vez o amor
Serenade
Entre teus dedos
Me odeie

Por: Karina Kohl

Fotos: Karina Kohl

Related posts

2 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *