College Rock apresenta Simple Plan

Os canadenses do Simple Plan, formado pelo vocalista Pierre Bouvier, os guitarristas Jeff Stinco e Sebastien Lefebvre, o baixista Deivid Desrosiers e o baterista Chuck Corneau se apresentaram no Pepsi On Stage, um dia antes do encerrar as apresentacoes do palco New Stage no SWU.

Simple Plan fez mais do que um show simples, em Porto Alegre. O que era para ser um show, tecnicamente, infantil, se tornou numa espécie de apologia ao sexo dos integrantes da banda canadense. Talvez seja uma maneira deles divertirem seu publico, mas que foi um tanto apelativo, não tem como negar. Deivid Desrosiers é mais abusado de todos, e podemos dizer também que é o mais animado.

Os caras já abriram o show com um dos sucessos, Shut Up, mostrando que vinha um set list repleto de musicas animadas. E notavelmente o publico respondeu, cantando a musica inteira. Can't Keep My Hands Off You e Jump vieram logo em seguida, levando a galera ao delírio e fazendo o chão do Pepsi On Stage tremer com todos pulando.

Entre When I'm Gone e Addicted, a quarta e quinta musicas, lançaram uma bandeira do Canadá presa a uma do Brasil no palco, foi a deixa para eles conversarem com o publico. E começarem com as brincadeiras "sexuais". A primeira? Deivid começou com "vamos criar uma nova espécie, os Branadians", uma mistura tosca entre "canadians e brazilians" e seguiu com "Precisamos de uma garota, quer que fazer bebe comigo?". Acompanhado dos gritos histéricos da grande maioria de garotas no local, foi a deixa para continuarem com esse tipo de brincadeiras durante o show.

Entre musicas conhecidas e desconhecidas, Simple Plan animou todo mundo que foi assistir ao show, alem de terem tentado conversar com o publico em um português decorado, as vezes lido. Músicas como Your Love is a Lie, Welcome to My Life e I'd Do Anything tiveram o coro do publico. Ainda teve a apresentação das musicas do novo álbum que já esta fazendo um considerável sucesso, como Jet Lag e Astronaut, e covers de musicas como Fuck You, de Cee Lo Green, Dynamyte, do Taio Cruz (diga-se de passagem, que vem para o Planeta Atlântida deste ano) e Raise Your Glass, da P!nk.

Depois da apresentação de I'd do Anything, o Simple Plan saiu do palco, e só era possível ouvir sussurros como "eles não vão tocar Perfect?". Seguindo o repertorio do show, que foi BASTANTE animado, não seria de surpreender se eles não tocassem. Mas obvio que eles iriam agradar aqueles que pagaram pra assistir, Perfect foi a 19a musica do show, a ultima do bis e a que fez todo o Pepsi On Stage cantar em coro, entre pais que acompanhavam filhos, namorados que acompanhavam namoradas, e jornalistas que foram cobrir o evento.

Por: Uriel Gonçalves

Fotos: Karina Kohl

Publicações Relacionadas

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *