Pabllo Vittar: Show digno de uma diva Pop

No dia 20 de setembro, Porto Alegre recebeu o show da tour do álbum “Vai Passar Mal”, da
Pabllo Vittar. Os portões do Pepsi on Stage foram abertos às 17h e, aos poucos, o público foi
lotando o local. Pabllo já havia se apresentado em Porto Alegre, porém em lugares menores.
Antes do show, a festa foi comandada pelas DJs Ana Roloff, Fô Machado, Carola e o DJ Gabriel,
que embalavam o público com os hits do pop, funk e eletrônica. Entre as trocas dos DJs,
houve apresentações das drag queens do grupo Vikkings, de Porto Alegre.
Com 15 minutos de atraso, às 20h45, a cantora sobe ao palco para dar início à apresentação. O
show começa com a música “Nêga”, primeira faixa do álbum que dá nome à tour. Durante
toda sua performance, a drag queen demonstrou todo o poderio de sua voz. Isso ficou claro
quando a Pabllo cantou, a capella, “Man Down”, um dos sucessos de Rihanna.
A cantora não pode deixar de se manifestar contra a liberação da justiça para o tratamento do
povo LGBT. “Não somos doentes. Não precisamos de cura nenhuma”. Logo após, ela se
emociona ao cantar “Indestrutível” e pede desculpas ao público por não conter as lágrimas. “Se ser feliz e levar alegria nos lugares é doença, eu quero morrer hoje”, completa.
Pabllo recupera o fôlego e leva o público ao delírio ao cantar “Minaj”. Em seguida, uma das
músicas mais esperadas da noite. Os fãs cantam e dançam com o hit “Sua Cara”, produzida
pelo grupo Major Lazer, com as vozes de Anitta e da própria Pabllo. “K.O”, “Open Bar” e
“Corpo Sensual” completaram o setlist da cantora.

Setlist
1. Nêga
2. No Chão
3. Joia
4. Ele é o tal
5. Man Down (Rihanna Cover) – A capella
6. Amante
7. Então vai
8. Indestrutível
9. Minaj
10. Na Sua Cara
11. K.O
12. Open Bar
13. Corpo Sensual

Por: Samuel Locatelli

Fotos: Fabiana Menine

Publicações Relacionadas

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *