Agência Minas Gerais | Projeto Sextas Abertas, da Fundação de Arte de Ouro Preto, promove atrações gratuitas para público de todas as idades

Nesta sexta (24/5), a segunda edição do projeto Sextas Abertas, da Fundação de Arte de Ouro Preto (Faop), promove programação gratuita em Ouro Preto, na sede do Núcleo de Arte e Ofícios, no bairro Antônio Dias, e no Adro das Dores. 

Dessa vez a programação irá se conectar com o evento “Fado em Cidades Históricas”, festival que celebra a música portuguesa e a cultura lusófona em geral, promovendo encontros inéditos em Ouro Preto e Petrópolis (RJ).

A primeira edição do “Sextas”, realizada no dia 19/4, contou com um dia inteiro de atividades e atrações artístico-culturais que movimentaram o bairro Antônio Dias. Com isso, o projeto vem cumprindo o propósito de fomentar diversas expressões culturais, ao potencializar artistas e coletivos independentes.

O público pode acompanhar os registros e todas as informações sobre o evento na página oficial do projeto no Instagram: @sextasabertas. A convocação para a participação de artistas, agentes culturais e artesãos segue aberta, por meio de formulário on-line neste site.

Conexão com Portugal

A segunda edição do ano do Sextas Abertas conecta-se com o festival “Fado em Cidades Históricas”. No dia 24/5, a programação noturna do projeto multicultural da Faop será integrada ao evento, que vai celebrar a arte e a cultura lusófona, considerando também as influências africanas e dos povos originários. 

A conexão “Fado-Sextas Abertas” vai, ainda, prestar homenagem especial ao artista plástico ouro-pretano Tunico dos Telhados, que em suas obras retratou a cidade de forma singular.

O projeto Sextas Abertas no Antônio Dias é patrocinado pela Cemig, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais. Idealizado pela Faop, com o apoio do Instituto Território Criativo e realização Governo de Minas Gerais e Inteligência em Eventos.

Sem categoria