João Pessoa registra em 12 horas quase metade de chuva prevista para maio

Divulgação/Semob

Em 12 horas, João Pessoa registrou 125 milímetros de chuva, de acordo com dados da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa-PB), quase metade da média histórica prevista para o mês, de 282 mm. Por conta do alto volume de precipitação, pelo menos nove pontos da cidade tiveram bloqueio no trânsito, de acordo com a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob-JP). São áreas da cidade em que o acúmulo de água impediu a passagem de veículos, como o cruzamento da avenida Dom Pedro II com a avenida Coremas. Além disso, ao menos quatro semáforos apresentaram problemas na capital.

De acordo com o Cemaden, nas últimas 12 horas o maior registro de chuvas aconteceu no Altiplano (111,4 mm de chuva), seguido por Manaíra (107,4 mm de chuva), Cuiá (107,4 mm de chuva), Cristo Redentor (99,6 mm de chuva), Tambauzinho (92,6 mm de chuva), Centro (89,8 mm de chuva) e Grotão (81,2 mm de chuva).

Já segundo a Semob, pelo menos quatro semáforos apresentaram problemas, tendo dois sido resolvidos e outros dois ainda apresentando problemas às 11h55 dessa terça. A Semob já identificou também quatro árvores que caíram com a força das chuvas, provocando o fechamento parcial das vias. A recomendação é para que a população tenha cuidados redobrados nesses cruzamentos. Equipes da Semob-JP já foram para os locais.

Semáforos com problemas de acordo com a Semob às 11h55:

  • Av. Epitácio Pessoa x R. Maria Caldas
  • Av. Gov. Flávio R. Coutinho x A. Guarabira

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), até as 10h desta quarta-feira (29), a capital está com um alerta, com previsão de chuvas de 30 a 60 mm por hora ou 50 a 100 mm/dia, com risco de alagamentos, deslizamento de encostas e transbordamento de rios.

O coordenador da Defesa Civil, Jailton Gomes, disse que as equpes do órgão seguem nas ruas, monitorando barreiras, encostas e margens de rios. “As equipes da Defesa Civil estão desde cedo nas ruas, monitorando as áreas de risco e auxiliando a população no que for necessário. E reforçamos: qualquer movimentação de massa nas encostas, abandone o local e entre em contato com a Defesa Civil”, acrescenta.

Ele também reforçou a necessidade da adoção de medidas de segurança, como evitar o uso de eletroeletrônicos ao relento, evitar o abrigo sob árvores e abandonar imediatamente locais de risco a qualquer sinal de anormalidade.

“Inicialmente não havia previsão de chuva para esta terça em João Pessoa. O alerta do Inmet chegou às 7h21, já na cor laranja”, revela Jailton Gomes.

Sem categoria