Alunos do Cephas concorrem em programa de jovens talentos

Henrique Macedo


Fundhas

Alunos de cursos técnicos do Cephas (Colégio de Educação Profissional Hélio Augusto de Souza), mantido pela Prefeitura de São José dos Campos por meio da Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza), estão concorrendo a vagas na edição 2024 do 1000DEVs – Talentos para o Bem.

O programa, desenvolvido pela Johnson & Johnson MedTech em parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein, tem como objetivo dar oportunidade para jovens talentos de todo o Brasil em situação de vulnerabilidade social. Eles vão tentar vagas num curso gratuito de desenvolvimento de software.

Na última edição do programa, 60 alunos do Cephas se inscreveram, 9 foram selecionados e 6 se formaram.

Na última edição do programa, 6 alunos se formaram | Foto: Divulgação

Esforço

Rafaelle Silva participou da primeira edição do programa. Hoje ela trabalha na Johnson & Johnson como programadora. 

“Desde muito nova eu sonhava trabalhar na Johnson. Tudo começou quando eu conheci o 1000DEVs no Cephas, na época eu não tinha nem computador para fazer o curso e a empresa me emprestou um micro para que eu pudesse participar”, recorda Rafaelle. 


Rafaelle fez o curso e hoje trabalha na Johnson & Johnson | Foto: Arquivo pessoal

No final do programa, a Johnson contratou cinco jovens e Rafaelle foi uma das escolhidas. “Fiquei muito emocionada quando me ligaram dizendo que havia sido aprovada. Passou um filme na minha cabeça, lembrei da Fundhas, do Cephas, e do quanto foram importantes na minha trajetória”, destacou.

Aluna de Administração, Naiara Rodrigues vai tentar uma vaga no 1000DEVs e está na expectativa. “É uma grande oportunidade, eu quero ter essa experiência. seria muito bom para a minha vida profissional”, afirmou. 

Inclusão

A Mestra, startup de educação em tecnologia e inovação, coordenará a quarta turma. Os participantes se formarão como desenvolvedores de software em seis meses de curso gratuito, onde terão acesso a habilidades profissionais e mentorias para conectá-los ao ecossistema da inovação, estando aptos a preencher vagas de tecnologia em empresas e startups.

O programa

Criado pela Johnson & Johnson MedTech, o 1000DEVs é inspirado em um programa global da Johnson & Johnson chamado “Talentos para o bem”, que visa impactar comunidades. Devs são pessoas que sabem desenvolver softwares, também conhecidos como programadores.

A iniciativa nasceu em 2021 num cenário de transformação digital na Saúde, em que soluções tecnológicas estão contribuindo cada vez mais para a qualidade de atendimento ao paciente.

Na ocasião, foi identificada a necessidade de capacitar programadores para colaborar no desenvolvimento dessas soluções.


MAIS NOTÍCIAS

Fundhas

Sem categoria