conheça as tradições do santo junino

Fogueira de São João (Foto: Leonardo Silva)

O dia de São João é comemorado nesta segunda-feira (24). O dia que marca o nascimento do santo João Batista é repleto de celebrações e festejos religiosos. O Jornal da Paraíba conversou com o seminarista da Arquidiocese da Paraíba, José Illgner, e com o padre da Igreja Nossa Senhora Mãe dos Homens, Marcelo Firmo, que explicaram quais são essas tradições.

Padre Marcelo comenta que São João representa é a transição do Antigo para o Novo Testamento. Ele é considerado o último e o primeiro profeta, o último do Antigo e o primeiro profeta do Novo Testamento.

O nascimento de São João Batista foi celebrado com festejos, fogueiras e comidas típicas. Isso se deve ao fato da mãe de São João, Isabel, ser considerada uma mulher estéril e de idade avançada, sendo considerado um milagre ela conceber uma criança.

O dia de São João é comemorado em 24 de junho, mas as festas de celebração acontecem, principalmente no Nordeste, na véspera, dia 23.

Fogueiras

José Illgner explica que, segundo o Evangelho de Lucas, Isabel acendeu uma fogueira para avisar a todos do nascimento de João Batista. O uso da fogueira relembra o intuito da festa: a celebração do nascimento de São João, o precursor.

Somado a isto, a alegria das cores nas bandeirinhas e roupas evocando o espírito festivo, junto às comidas típicas de milho, fruto deste período, fazem parte da tradição de honrar o maior nascido dentre as mulheres

José Illgner – seminarista da Arquidiocese da Paraíba

Além das fogueiras, há a celebração de novenas e missas em honra ao santo.

Padre Marcelo comenta que os festejos de São João são uma mistura de religioso com a cultura, além da convergência de muitas leituras da Bíblia e a celebração da esperança, porque relembra uma mulher que à luz uma criança que tinha tudo para não nascer.

Sem categoria