38º Salão do Artesanato chega ao fim ultrapassando R$ 2,6 milhões em vendas

Jornal da Paraíba

Encerrada neste domingo (30), a 38ª edição do Salão do Artesanato Paraibano movimentou R$ 2.609.064,04 em negócios, durante os 25 dias de programação gratuita. Com o tema “A arte de quem vive da fé”, que prestou uma homenagem aos artesãos santeiros da Paraíba, o evento comercializou 57.089 itens.

De acordo com o gestor de artesanato do Sebrae/PB, Jucieux Palmeira, o 38º Salão recebeu, ao longo de sua programação, cerca de 130 mil visitantes. Ainda conforme o gestor, o período junino e o alto fluxo de turistas em Campina Grande contribuem decisivamente para a divulgação e valorização do trabalho dos artesãos da Paraíba.

“Nessa edição do Salão do Artesanato o volume de vendas e encomendas aumentou 35% em relação ao 36º Salão, que foi realizado no ano passado em Campina Grande. Assim como em 2023, um dos fatores que contribuíram para esse sucesso foi a localização estratégica do evento, na Avenida Brasília, que dá uma condição bem melhor de visibilidade a quem está chegando na cidade”, enfatizou Jucieux Palmeira.

Ainda segundo o gestor, foram 500 expositores reunidos em um único evento, representando a diversidade do artesanato, da cultura e da gastronomia paraibana.

Novos mercados – Trabalhando com a renda renascença, uma das mais tradicionais expressões culturais do município de Monteiro, a artesã Marlene Leopoldino participa dos salões do artesanato promovidos na Paraíba desde 2015. Segundo ela, participar do evento abre novas oportunidades no mercado.

“A contribuição é muito importante em questão de conhecer outros públicos e conquistar novos clientes, além do próprio contato entre os artesãos que fazem parte do salão. Além disso, também é uma oportunidade para convidar os meus clientes, para que possam conhecer o salão e as novidades que levo para o evento”, afirmou a artesã.

Solidariedade – Esse ano, os 7.066 itens arrecadados durante o evento serão doados para artesãos do Rio Grande do Sul, que ainda enfrentam as consequências da tragédia climática que afetou o estado.

Sem categoria