Governo de SP entrega 279 imóveis e equipamento de saúde na Região de Rio Preto





Investimentos em habitação somam R$ 73,8 milhões e contemplam as cidades de Cardoso, Macedônia, Meridiano e Nova Granada



O Governo de São Paulo entregou nesta sexta-feira (5) as chaves da casa própria para 279 famílias da região de São José do Rio Preto, no noroeste do estado. As moradias contemplaram moradores de quatro cidades e tiveram investimento de R$ 73,8 milhões do programa Casa Paulista da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano em parceria com as prefeituras, que doaram os terrenos. O governo do estado também participou da inauguração de policlínica para atendimento em diversas especialidades no município de Osvaldo Cruz.

“A gente precisa dar casa para quem não tem. Tirar as pessoas que estão nas áreas de risco, tirar as pessoas do aluguel e dar moradia digna, que é o que está acontecendo no dia de hoje”, afirmou o governador Tarcísio de Freitas. “E quando a gente tem um programa deste tamanho, com 113 mil casas em execução hoje, imagina quantos empregos estão sendo gerados. Os investimentos geram emprego e fazem a diferença na vida das pessoas”, acrescentou Tarcísio.

A entrega das moradias contou com a presença do secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Branco, parlamentares estaduais e municipais, além de gestores das cidades contempladas, entre outras autoridades.

Em Macedônia, a ação do governo paulista beneficiou famílias com 75 casas do Conjunto Jardim Rubens Save. Na cidade de Cardoso foram entregues 24 moradias no Conjunto Dr. Caleb Teixeira Dias, e outras 23 unidades habitacionais no Conjunto Terezinha de Moraes Muniz, no Distrito de São João do Marinheiro. Os investimentos somados chegaram a R$ 24 milhões.

Foram entregues também 78 casas da primeira etapa do Conjunto Habitacional José Francisco Pereira, em Nova Granada. O empreendimento terá no total 207 imóveis, com investimento de R$ 30,7 milhões. Em Meridiano, foram entregues 79 unidades que compõem a primeira fase do Conjunto Habitacional Meridiano F, que terá 180 moradias no total, com investimento de R$ 19,1 milhões.

”Esse plano habitacional que começamos há um ano e meio já entregou mais de 30 mil casas e temos essa determinação, dada pelo governador, de fazer mais de 200 mil casas por esse estado todo”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Branco.

Todas as unidades viabilizadas pelo Governo de São Paulo contam com dois dormitórios, sala de estar, cozinha, banheiro e lavanderia. Em Meridiano, a área útil das residências é de 47,87 m². As demais têm 43,84m² e 43,92 m². Todas as moradias contam com piso cerâmico, azulejo no banheiro, na cozinha e na área de serviço, laje, cobertura em estrutura metálica e sistema de energia solar fotovoltaico.

O financiamento dos imóveis segue as diretrizes da Política Habitacional do Estado de São Paulo, que prevê juros zero para famílias com renda mensal de até cinco salários mínimos. Assim, pagarão praticamente o mesmo valor ao longo de 30 anos, já que o contrato sofrerá apenas a correção monetária calculada pelo IPCA, o índice oficial do IBGE.

Saúde

O governador Tarcísio de Freitas também inaugurou a Policlínica Municipal “Doutor João Antônio Rincon”, no município de Osvaldo Cruz. Além de atendimento clínico em diversas especialidades médicas, o equipamento também terá um Centro de Especialidades Odontológicas (CEO).

Sem categoria