fase de propostas para obra é concluída; Governo prevê início em dezembro

Divulgação

O Governo da Paraíba concluiu, na sexta-feira (5)), a fase de escolha das propostas para a obra do pdo Complexo Rodoviário Ponte do Futuro, que prevê a ligação das cidades de Cabedelo, Santa Rita e Lucena, na Região Metropolitana de João Pessoa, por meio da construção de pontes sobre o Rio Paraíba, e de novos trechos de rodovias. A empresa vencedora apresentou um valor de R$ 465,5 milhões. Agora a liciitação entra em uma segunda etapa, e o governo acredita que as obras devem começar ainda em dezembro.

A sessão de abertura das propostas de preços contou com a participação de seis consórcios de construtoras, com empresas nacionais e estrangeiras. O consórcio liderado pela empresa A. Gaspar S/A apresentou o menor preço. O valor é 19,57% mais baixo do que o estimado pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

“Agora ocorrerá uma segunda etapa para análise da documentação desse Consórcio que apresentou a melhor proposta. Caso a documentação atenda aos requisitos exigidos no edital, será feita a homologação da licitação, depois a contratação da empresa”, adiantou o secretário da Infraestrutura e Recursos Hídricos, Deusdeth Queiroga. O prazo para análise é de aproximadamente 90 dias.

A expectativa do governo é de que a obra seja concluída no último trimestre de 2026. A previsão é de que, após a conclusão, o complexo facilite a logística de acesso ao Porto de Cabedelo, além do fortalecimento do turismo no Litoral Norte.

Divulgação

Obra da Ponte

De acordo com o projeto, as obras terão início no quilômetro 9,64 da BR-230, na estrada de Cabedelo. O projeto consiste na construção de duas pontes. A primeira terá uma extensão de 2 Km, e ligará a BR-230 à BR-101 Norte, e terá pista de 7,2 m, pista de passeio com 3,3 m, ciclovia de 2,5m e acostamento de 2,5 m.

A intervenção na mobilidade urbana ainda contará com um viaduto sobre a linha férrea de 40m e um mirante. A segunda ponte terá uma extensão de 480m e será construída sobre o Rio da Guia, em Lucena.

O complexo rodoviário também contará com um prolongamento da PB-011, de Forte Velho a Lucena, com 5 Km de extensão, até o entroncamento com a PB-019; e adequação de PB-025 até o entroncamento da BR-101, com extensão de 500 m.

Melhorias na mobilidade

O governo do estado, responsável pela obra, espera reduzir, significativamente, os problemas de tráfego e congestionamento na BR-230 e melhorar a logística de entrada e saída de bens e serviços pelo Porto de Cabedelo.

Atualmente, quem precisa se deslocar de Cabedelo a Lucena precisa usar a balsa. Já os caminhões que saem do Porto de Cabedelo precisam atravessar toda Cabedelo, passar por João Pessoa e seguir viagem em sentido a Recife ou Natal, passando por Bayeux e Santa Rita.

Sem categoria