SP contrata professores para recuperação de defasagem em anos finais do Fundamental





Candidatura de professores tutores pode ser registrada entre os dias 5 e 17; eles vão atuar na recuperação de língua portuguesa e matemática



SP contrata professores para recuperação de defasagem em anos finais do Fundamental

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) publicou na quarta-feira (3), no Diário Oficial do Estado, o edital de abertura de inscrições para o processo seletivo interno para a atuação no projeto de professor tutor para os anos finais do Ensino Fundamental. Docentes  interessados em atuar na ação da Educação que tem como objetivo recuperar defasagens nas disciplinas de língua portuguesa e matemática podem se candidatar entre os dias 5 e 17 de julho.

As inscrições devem ser feitas por meio do portal do Banco de Talentos da Seduc-SP, no link: https://bancodetalentos.educacao.sp.gov.br/. A seleção é destinada a professores efetivos, não efetivos, contratados e candidatos à contratação que estejam com inscrição ativa no processo de atribuição de classes e aulas deste ano.

A contratação desses profissionais será feita por meio de 20 diretorias de ensino da capital, região metropolitana e  interior para as 200 escolas que serão contempladas com a tutoria. As unidades foram definidas pela Educação com base nos resultados abaixo da média estadual na última edição do Idesp (Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo).

A tutoria é destinada a estudantes com defasagens de leitura e operações matemáticas oriundas dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Cada unidade escolar vai receber o apoio de dois professores tutores, um dedicado a turmas de língua portuguesa e outro de matemática. A contratação desses profissionais, cuja jornada docente será de 25 horas semanais, levará em conta a formação prioritária acadêmica em pedagogia ou curso normal superior e experiência em alfabetização. O objetivo é que eles adotem, durante as aulas, estratégias e práticas pedagógicas que melhorem e recuperem a aprendizagem prevista a cada idade-série.

Como etapa do período de inscrições, os candidatos serão avaliados através de uma videoaula gravada, que simulará uma aula presencial com duração entre cinco a sete minutos. A seleção considerará critérios como articulação da aula, conhecimento em metodologias ativas, gestão do tempo de aula, entre outros. Após esse período, a lista de professores será disponibilizada às diretorias de ensino em 22 de julho e essas regionais devem organizar entrevistas pessoais entre os dias 25 de julho e 1º de agosto.

A classificação final dos candidatos será divulgada no site de cada uma das 20 diretorias de ensino, e a validade do cadastro será de um ano, a partir da publicação dos resultados finais. Todos os detalhes sobre o processo seletivo estão disponíveis no edital completo, acessível através do Banco de Talentos da Educação.

Concurso público

A seleção de professores tutores é destinada a docentes que já fazem parte da rede estadual de ensino ou que estão com cadastro ativo para atuação por tempo determinado e que têm a possibilidade de atribuir 25 aulas semanais.

No segundo semestre de 2024, a Secretaria organiza o chamamento de 15 mil docentes aprovados no concurso público do ano passado e a expectativa é que eles tenham aulas atribuídas para o início do ano letivo de 2025.

Sem categoria